Configurando um laboratório de eletrônica

Muitas pessoas mostram grande interesse em eletrônica, e muitas transformaram o hobby da eletrônica em uma forma de ganhar a vida. Mas, para se concentrar em seus projetos, você precisa de um bom local de trabalho. Configurar um laboratório de eletrônica não é um processo muito fácil. Mas se você estiver realmente interessado, leia estas instruções para que possa tomar decisões informadas.

Etapa 1: Escolha um lugar confortável

Em primeiro lugar, você precisa de um lugar confortável onde não se distraia. Certifique-se de que a cadeira seja confortável o suficiente, porque você terá que sentar e trabalhar por horas. Se houver crianças e animais de estimação em sua casa, você deve estar ciente deles. As ferramentas e equipamentos devem ser manuseados com cuidado e é importante não permitir que crianças pequenas os toquem.

Etapa 2: garantir uma boa iluminação

Seu local de trabalho deve ser bem iluminado, porque às vezes você terá que trabalhar com componentes muito pequenos. Certifique-se de que a fonte de luz está acima e é de boa qualidade. Uma boa iluminação tornará mais fácil observar os mínimos detalhes.

Uma boa iluminação é ainda mais importante se você tiver problemas de visão. Mas você precisa de uma boa iluminação, mesmo se seus olhos estiverem perfeitamente normais. Você será capaz de trabalhar confortavelmente somente quando os menores detalhes estiverem claramente visíveis.

Etapa 3: obter um ventilador legal

Ao trabalhar com eletrônicos, você estará exposto a algumas fontes de calor. As fontes de alimentação, pistola quente e ferro de solda emitem calor. É por isso que você precisa de um bom ventilador de mesa para manter o ambiente de trabalho fresco e calmo.

Um ventilador de mesa também pode dissipar os vapores de solda, mantendo o local livre de vapores perigosos. Soprando partículas de poeira do local, um ventilador de mesa mantém o local limpo. Portanto, o ventilador tem benefícios indiretos para a saúde.

Etapa 4: configurar seu ferro de solda

Quando se trata de montar um laboratório de eletrônica, um ferro de solda é uma ferramenta básica. Se você é um aquarista, considere comprar um ferro de solda leve para lápis. Se você comprar um de alta qualidade, ele durará mais. Goot e Weller são duas boas marcas de ferro de solda.

Certifique-se de que o ferro de solda tenha um bom suporte. Você pode se sentir tentado a comprar um estande barato, mas certamente o achará instável. Mantenha o dispositivo em um lugar onde sua mão direita possa alcançar facilmente.

Também não o encorajamos a comprar um ferro de soldar caro, porque mais cedo ou mais tarde você terá que consertá-lo. Apenas certifique-se de que não seja muito barato. Um ferro de solda pode não ser durável simplesmente porque é caro.

Etapa 5: obtenha um voltímetro de bancada

Todo entusiasta da eletrônica entende a necessidade de um voltímetro de bancada. Às vezes, mesmo voltímetros caros são difíceis de montar. Para resolver esse problema, você pode pegar um voltímetro antigo e usar uma bateria de 9 V para alimentá-lo. Para dois pólos, use dois pequenos tubos de metal.

Você pode configurar o medidor de forma que seja alimentado assim que você ligar seu local de trabalho. Você obterá uma leitura instantaneamente se apenas tocar o componente com os pólos. Se você está pensando em montar um laboratório de eletrônica, não se esqueça de comprar um voltímetro de bancada para seu laboratório.

Etapa 6: obtenha uma minibroca elétrica

Uma mini-broca é uma das ferramentas mais importantes em um laboratório eletrônico. Se você precisar perfurar plástico ou PCB, precisará de uma mini-furadeira. Uma furadeira também será necessária se você precisar retificar algo e modelá-lo. Existem muitos outros motivos pelos quais você precisa comprar esta ferramenta. 

Os preços variam e você pode comprar um barato ou caro. Dremel é talvez a marca mais cara. Mas modelos mais baratos também vêm com acessórios de perfuração e retificação, e você pode obter um. Mesmo muitos profissionais usam mini-brocas elétricas baratas. Se você está pensando em montar um laboratório eletrônico, não pode retirá-lo da lista de itens essenciais.

Etapa 7: obter um multímetro 

Se você não tiver um bom multímetro, não poderá fazer isso sem um bom multímetro. Portanto, tente conter a tentação de comprar um multímetro barato. Se você investir em um bom multímetro agora, terá orgulho dessa decisão mais tarde. A configuração de um laboratório de eletrônica não pode ser concluída se você não tiver um multímetro.

Uma das coisas mais irritantes sobre multímetros baratos é que eles mostram leituras erradas. Mesmo que você esteja pensando em trabalhar em um projeto muito simples, vai precisar de um multímetro.

Etapa 8: Preste atenção à fonte de alimentação

Quando você está configurando um laboratório eletrônico, obter uma fonte de alimentação é uma das primeiras coisas que você terá que fazer. É ainda melhor se você tiver várias fontes de alimentação. Comprar uma fonte de alimentação de bancada é uma ótima idéia, mas se você não pode comprá-la, você pode fazer a sua própria.

Se você tiver algum tempo para gastar, poderá modificar um suprimento ATX. Existem muitos tutoriais por aí e você pode usá-los para aprender como fazê-lo. Lembre-se de que você raramente precisará de mais de 5 amperes. Portanto, não se preocupe se sua fonte de alimentação não for potente o suficiente. Quer você compre um forte ou poderoso, você não pode ignorar esta ferramenta ao configurar um laboratório de eletrônica.

Etapa 9: Obtenha um armário de suprimentos

Se você tiver um estoque de suprimentos à mão, não se distrairá com muita frequência. Quando precisar de algo, você não terá que se levantar e procurar. Você o encontrará na frente de seu local de trabalho. Em seu armário você pode manter parafusos, porcas, parafusos e outras coisas.

Certifique-se de que o armário de componentes não seja muito grande ou muito pequeno. Aqui está outro conselho útil: não importa o que você precise comprar, certifique-se de obter um extra. Com o tempo, você terá um bom estoque de diferentes componentes. Não compre tudo de uma vez. Se você fizer isso, há uma boa chance de que nunca use alguns itens.

Etapa 10: Compre as ferramentas e componentes necessários

Existem algumas ferramentas e componentes de que você precisará com freqüência. É por isso que você deve manter essas coisas em uma caixa por perto. Use duas caixas pequenas se achar conveniente. Decapante de fio, cortador, sugador de solda, chave de fenda e limas são algumas ferramentas usadas com frequência.

Comprar muitos tipos de componentes ao mesmo tempo não é uma boa ideia. Faça uma lista das ferramentas e componentes necessários para começar a trabalhar em seu primeiro projeto. No entanto, você pode obter alguns extras e armazená-los para o futuro.

Você pode manter interruptores, LEDs e resistores. Conforme você trabalha, você descobrirá gradativamente quais ferramentas e componentes usa com frequência.  

Etapa 11: Organize 

Se você realmente deseja fazer bem, deve saber organizar as ferramentas e os equipamentos de que necessita. Mesmo se você for um amador, você precisará de conectores, fios, pontas de prova, termorretráteis e laços zip. 

Se todas essas coisas não forem organizadas, você ficará constantemente distraído e terá dificuldade em se concentrar na tarefa em questão. A chave para configurar um laboratório de eletrônica é descobrir como organizar ferramentas e componentes.

Etapa 12: obtenha alguns adesivos

Os adesivos são necessários para muitos tipos de projetos eletrônicos. Se você fizer apenas um trabalho básico, não precisará de muitos adesivos. Mas, à medida que você avança, precisará de mais deles. Mantenha a cola e as fitas em locais convenientes para que você possa localizá-las facilmente. Existem muitos tipos de fitas, como fita adesiva, fita isolante e fita dupla-face.

Etapa 13: Pegue seus tornos

Se você tem alguma experiência com projetos eletrônicos, vai entender a utilidade dos tornos quando se trabalha com vícios, você sabe que suas coisas estão seguras. Se você está um pouco preocupado por não ter sofrido lesões, os vícios o deixarão menos preocupado.

É uma boa ideia ter dois tornos. Use um torno grande de desbaste e corte pesados, e use um pequeno para solda básica. Não se esqueça dessa ferramenta importante ao configurar um laboratório de eletrônica.

Etapa 14: pegue uma lupa

Para alguns de seus projetos, você precisará usar coisas minúsculas. Lupas podem ajudá-lo a vê-los corretamente. Mas você não precisa usar vidros caros e sofisticados. Existem muitas opções mais baratas. Se você está pensando em montar um laboratório de eletrônica, não se esqueça deste item necessário.

Etapa 15: configurar um sistema de música

Às vezes, você precisará de algum relaxamento mental e refrigério. Não importa se você é um amante da música ou não, você deve configurar um sistema de música. A música o ajudará a lutar contra o tédio. Quando as coisas ficarem chatas, toque uma música relaxante. A música pode até ajudá-lo a se concentrar mais.  

Outras coisas a considerar ao configurar um laboratório de eletrônicos

Ao configurar um laboratório eletrônico, você pode usar uma grande mesa, escrivaninha ou bancada de trabalho. Para isso, você também pode usar uma mesa projetada para uso no computador. Essas mesas são baratas. Você tem que se certificar de que o fornecimento elétrico está sempre acessível para você. Certifique-se de que a mesa é de madeira.

Não use uma mesa com superfície de metal, porque, se o fizer, terá que lidar com coisas inesperadas, como curtos-circuitos e riscos de choque. Você também deve evitar superfícies de bancadas de plástico e vinil, pois elas podem gerar cargas elétricas estáticas. Essa cobrança pode causar danos aos componentes eletrônicos.

Se o seu local de trabalho for em uma sala onde não haja luz natural, compre uma luminária de mesa. Agora, existem diferentes tipos de lâmpadas de mesa que vêm com lupa. Se necessário, você pode até substituir a lâmpada. A configuração de um laboratório de eletrônica ficará incompleta se você não tiver uma luminária de mesa.

É verdade que você precisará de muitas ferramentas e componentes à medida que avança. Mas provavelmente você acabará perdendo muitos componentes se cometer o erro de comprar tudo de uma vez. Ao comprar algo, compre mais do que você precisa e guarde para o futuro. Em pouco tempo, você terá um bom estoque de componentes úteis.

O layout do laboratório deve estar correto porque você terá que trabalhar com vários tipos diferentes de ferramentas e componentes eletrônicos em seu laboratório. Se você ainda não tem nenhum layout de laboratório, pode receber ajuda de quem tem experiência. 

Você terá algumas boas idéias simplesmente observando os layouts de outras pessoas. Para se inspirar, você pode assistir alguns vídeos online. Os tutoriais tornarão a configuração de um laboratório de eletrônica mais fácil para você. 

Ao iniciar seu laboratório de eletrônica, você terá que fazer muitas coisas. É natural sentir-se um pouco sobrecarregado, mas se você tiver uma abordagem estratégica, fará as coisas em pouco tempo. Esperamos que esta postagem ajude você a montar um laboratório maravilhoso.